A acessibilidade tem grande significado para a construção civil, tanto no momento de elaboração do projeto, quanto em sua execução.

É indispensável que os profissionais responsáveis pelos processos envolvidos na obra tenham consciência das normas regulamentadoras a respeito deste tema, principalmente a respeito dos itens obrigatórios para o tipo de obra em questão.

É um meio crucial de promover a integração, respeito e autonomia de pessoas que possuem algum tipo de condição impeditiva, como a mobilidade reduzida.

Neste contexto, há diferentes itens que podem ser incorporados, como as placas em braille, que consistem em basicamente placas de sinalização em relevo e braille em um local estratégico para atender pessoas cegas ou com baixa visão.

Uma das normas que abrangem este tipo de item é a NBR 9050/2015 que indica que passagens e portas precisam contar com informação visual, que esteja relacionada com um tipo de sinalização que pode ser sonora ou tátil, seja com caráter informativo, direcional ou emergencial.

Sendo assim, ao buscar por essas placas, é importante que exista atenção com diferentes fatores, tais como:

  • Local de instalação;
  • Tipos de materiais;
  • Dimensões da placa;
  • Cores.

O lugar de instalação pode variar muito, por exemplo, em portas duplas, que possuam maçaneta central, o mais indicado é que a placa esteja situada ao lado da porta direita.

Já no que diz respeito aos tipos de materiais, é essencial procurar sempre por empresas que estejam relacionadas a ABNT e que sigam os detalhes das normas referentes aos materiais.

Uma alternativa de produção muito visada atualmente, consiste na injeção de resina, que promove um toque suave e durável.

Já os materiais, podem ser poliestireno, aço e acrílico, sendo essa última opção a mais aplicada devido às possibilidades de acabamento e a resistência oferecida.

Já as dimensões mais comuns são as de 10 cm x 20 cm e de 10 cm x 7,5 cm, porém, podem variar conforme a aplicação ou a necessidade do local em questão.

No caso das cores, é essencial ter consciência da importância do contraste. Por exemplo, quando a cor a placa for predominantemente escura, é recomendado que o texto seja claro.

As vantagens da locação de equipamentos

Para diferentes etapas dos trabalhos a serem executado, o aluguel de maquinas para construção pode ser uma alternativa favorável, principalmente devido ao número de benefícios obtidos por meio da solicitação desse serviço.

É preciso considerar que determinados equipamentos exigem altos custos não apenas para aquisição, como também de manutenção e melhorias, mas com o aluguel, não é preciso se preocupar com esses fatores.

Por esse motivo, além da redução de custos que a locação de equipamentos promove, também há possibilidade da escolha de um equipamento com maior liberdade.

Afinal, em diversas empresas deste setor é possível encontrar grande variedade de máquinas e acessórios para atender as mais diversas finalidades.

Ainda mais, é possível contar  com uma manutenção especializada e substituição ágil caso seja necessário, essas são alternativas amplamente oferecidas por diversas empresas do setor.

Desta forma, o foco de grande parte dos colaboradores e dos empreendedores pode estar voltado para outros aspectos da obra, promovendo também a produtividade.

O que são epis?

Em qualquer tipo de construção, é indispensável prezar pela proteção dos trabalhadores e neste contexto, diferentes acessórios e equipamentos podem ser incorporados, principalmente ao considerar que os acidentes podem ser severos.

Os epis consistem em equipamentos de proteção individual e é imprescindível para diversos trabalhos no setor da construção.

De acordo com a Norma Regulamentadora 06, o EPI se refere aos produtos e dispositivos de utilização individual do trabalhador, com a proposta de proteger de riscos que comprometam a saúde e segurança no trabalho.

Eles podem se distinguir em proteção para a cabeça, membros superiores, inferiores, entre outras alternativas.

Para a cabeça, se dividem em capacetes, óculos de segurança, protetores auditivos e tipos distintos de respiradores.

Já outros itens que podem ser citados estão as luvas epi, que variam muito de acordo com o serviço executado, como as isolantes de borracha que protegem contra choques e as de PVC que exercem a proteção contra produtos como solventes, graxa e óleos.

Independentemente do item a ser incorporado na construção, é indispensável se ater a cada processo executado e suas especificações, para que o resultado final seja satisfatório e principalmente, apresente soluções de acessibilidade, tornando assim o local seguro e propício para receber pessoas com necessidades especiais.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>