Para construir estradas, reformar rodovias e transformar caminhos, se faz necessário fomentar a área da engenharia civil. Para a pavimentação e a construção de estradas são requeridos maquinários e equipamentos como bombas, válvulas, motores e outros componentes a fim de resultar em uma estrada original e útil para todos os que necessitam.

Para iniciar a execução de um projeto de sucesso, o primeiro passo é verificar o Levantamento topográfico da área desejada.

Esse levantamento consiste na representação altimétrica ou planimétrica por meio de uma planta ou carta para verificar se há problemas na execução do serviço.

Esta etapa de construção é onde erros devem ser solucionados para que não haja complicações mais para frente.

Caso esteja se perguntando o que é topografia, essa ferramenta consiste na etapa de estudo que fornece informações relevantes e de extrema importância para a área de implementação.

Quanto mais conhecimento for obtido por meio do levantamento topográfico, mais preciso e seguro será a realização desse projeto.

Determinar dimensões, elementos, desníveis, possíveis acidentes geográficos e a descrição exata detalhadamente são as principais funções da topografia.

Ela também tem como objetivo:

  • Representar graficamente na planta a área;
  • Relevo, curvas de nível;
  • Perfil;
  • Seção transversal;
  • Elementos existentes;
  • Cálculo de área;
  • Pontos cotados;
  • Coordenadas geográficas;
  • Acidentes geográficos.

Dessa forma, o levantamento topográfico torna-se uma atividade essencial na etapa do projeto e durante a execução da obra.

Equipamentos necessários

Um componente construtivo necessário em toda obra é a Cortina atirantada. Projetado de forma vertical em paredes de escavações, a cortina serve para controlar os puxões do solo. Assim, sua função é impedir o desabamento das encostas.

As cortinas podem ser feitas de inúmeros materiais, como placas de concreto armado, estacas de prancha, parede diafragma, estaca raiz e perfis metálicos que se intercalam em vigas de madeira e concreto armado pré moldado. Seu sistema é preciso em obras de infraestrutura em construções rodoviárias e em edificações, por exemplo.

A composição da cortina atirantada consiste em um painel pressionado de tirante à encosta. Os tirantes são instalados de forma horizontal pelo painel e se prendem a uma calda de cimento do interior do solo, que imobiliza o próprio painel.

Antes da instalação da cortina, contudo, é preciso executar um estudo geotécnico para a verificação de condições e propriedades do maciço.

A drenagem consiste no processo de escoação das águas por meio de tubos, túneis, valas, canais, fossos e outros de forma que é preciso recorrer a motores com apoio de escoamento.

Essa drenagem é essencial para a durabilidade da estrada e para garantir a prevenção de acidentes que o acúmulo de água pode causar.

Canais naturais como córregos, ou artificiais, de concreto armado, gabião e concreto simples, quando feitos com drenagem garantem a segurança das rodovias durante o intenso tráfego de veículos.

As chamadas carregadeiras, ou seja, o percurso que vai ser feito com bombas e motores, funciona de forma a aumentar o controle e a facilidade das manobras enquanto carregam materiais de grande peso e porte.

Bombas e pistões formam um serviço de conjunto natural de equipamentos para pavimentação.

Estradas movimentadas, que possuem o acostamento com mesmo nível requer plainas, uma máquina altamente produtiva e de controle.

Os tipos de solo

Escavadoras que cavam uma área, aumentam a superfície e movimentam um material bruto, necessitando que a máquina seja produtiva para o operador conseguir executar o seu trabalho de forma correta e eficiente.

A Sondagem mista do solo é a investigação do subsolo e tem como intuito implantar obras em cima dele.

Os ensaios de sondagem precisam ser realizados em obras de grande e pequeno porte para determinar as propriedades específicas do solo.

Áreas de pequeno porte, sejam edificações ou outro estilo de obra, demandam estudo de estrutura por meio da sondagem do solo para garantir a segurança e também a quantidade correta de materiais a serem utilizados.

As principais informações que uma sondagem deve fornecer são:

  • Dimensão do solo;
  • Espessura;
  • Profundidade da camada;
  • Posição do nível da água – se detectada;
  • Propriedades do solo;
  • Permeabilidade e compressibilidade;
  • Grau de resistência;
  • Profundidade da camada de rocha;
  • Material impenetrável.

Dessa forma, a sondagem do solo exige ainda um projeto de fundação para determinar a situação do solo.

Portanto, as fundações caracterizam o processo de forma que ambos necessitam igualmente um do outro para construção de obras em estradas.

Recomenda-se a busca de um técnico da área para orientações acerca de informações para construção de rodovias.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>