O setor da construção civil, que lida diariamente com uma grande quantidade de peças, ferramentas, máquinas e sistemas, precisa contar com o máximo desempenho e a qualidade de todos os itens que compõem suas operações.

Isso porque, tratando-se de um segmento tão importante, é necessário que haja um controle rigoroso de qualidade, tornando os resultados mais satisfatórios e seguros possível.

Mas você conhece alguns dos procedimentos e dos utensílios que podem ser aplicados na área, otimizando o canteiro de obras e gerando mais satisfação?

No artigo a seguir, acompanhe algumas informações sobre o tema e fique por dentro da aplicação de itens que contribuem diretamente para processos mais organizados e efetivos.

Elevadores

O Elevador cremalheira é um dos itens mais recomendados para uma série de tarefas que envolvem a suspensão de trabalhadores e materiais, utilizando, em sua composição robusta e resistente, um sistema tecnológico capaz de conferir resultados satisfatórios nesse aspecto.

Seu sistema de tração é realizado por motores elétricos e ele possui um dispositivo especial para a realização de freio com composição eletromagnética, aumentando seu nível de segurança.

Além disso, todo o conjunto que compõe os elevadores é movimentado quando há o acionamento dos motores, que ficam acoplados às cabines. Sua velocidade pode chegar a 36 metros por minuto.

A cabine monobloco, por sua vez, garante o ajuste ideal da cremalheira e do pinhão, isso graças às dimensões precisas oferecidas pelo aparelho.

A rapidez e a agilidade proporcionada são resultados do dispositivo de movimentação dos elementos de torre contidos na plataforma.

Com torre modular, torna-se possível a instalação de mais uma cabine que pode trabalhar independentemente. No geral, podemos destacar alguns dos componentes dessa plataforma elevatória, sendo eles:

  • Cabine;
  • Motores de Tração;
  • Dispositivos de segurança;
  • Painel de comando;
  • Módulo de torre;
  • Sistema de controle;
  • Base do elevador.

Controle ambiental

Com o objetivo de minimizar e eliminar riscos de contaminação que podem afetar grupos, cidades e, até mesmo, a natureza em si, existe uma série de medidas obrigatórias que precisam ser tomadas por meio de uma análise profunda e uma avaliação sobre as condições de determinadas áreas.

Esse procedimento, também conhecido como Gerenciamento de Áreas Contaminadas, tem um papel fundamental e é constituído de fase sequenciais que elaboram, supervisionam e determinam as intervenções necessárias para que um local possa ser recuperado quando há riscos de contaminações diversas.

Dessa forma, é extremamente importante contar com profissionais habilitados para a execução correta de cada etapa desse processo, garantindo os resultados mais confiáveis e promovendo um plano de ações que seja eficiente e apresente retorno mais rápido.

Além de contribuir diretamente para a qualidade de vida e o bem-estar da população que está ao redor da área analisada, esse gerenciamento também permite que haja mais responsabilidade, não só social como também ambiental, por parte de empreiteiras e construtoras que fazem intervenções em vários ambientes.

Corte de peças rígidas

Uma das tarefas mais comuns quando estamos falando de obras e construção é a necessidade de realizar o corte de rochas e demais estruturas, como o concreto, que demandam a aplicação de peças especiais, pois se tratam de materiais extremamente rígidos e duros.

Dessa forma, o emprego do chamado disco de corte é fundamental, pois ele apresenta composições reforçadas capazes de sustentar o forte atrito gerado quando seu mecanismo entra em contato direto com a superfície de elemento cimentício e rochas pesadas.

Existem diferentes tipos de disco e ele servem para processos de corte variados, pois isso vai de acordo com o tipo de material a ser tratado. O objetivo é perfurar e quebrar o material, de modo que o aparelho não seja prejudicado e o operador não corra riscos de lesão.

O Disco de corte para concreto pode, portanto, ser reforçado com uma camada diamantada, o que assegura propriedades especiais de resistência e durabilidade.

O suporte a impactos mecânicos intensos, característicos desse tipo de procedimento, é uma segurança para a satisfação nos resultados e para um trabalho mais preciso por parte do operador.

Vale lembrar que todas as operações em canteiros de obras demandam o uso obrigatórios de equipamentos de proteção individual, também conhecidos como EPIs, pois são eles que vão assegurar a integridade física, evitar uma série de acidentes e lesões e garantir que o máximo desempenho esteja ao alcance de todos sem transtornos e com mais facilidade.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>