Uma obra é um local em que se reúne equipamentos de praticamente todos os outros setores. Afinal, uma construção é também a conversão de técnicas de marcenaria, alvenaria, usinagem e muitos outros métodos.

Por conta disso a diversidade de produtos no canteiro da obra é extremamente grande.

Quando se conta com uma equipe especializada para realizar a construção, é possível identificar produtos que serão usados em processos futuros do caneiro, porém, já se adiantam no fornecimento de tais itens para não enfrentarem atrasos e imprevistos.

Com o intuito de esclarecer dúvidas acerca dos itens usados nas obras, suas funções e etapas este artigo irá abordar uma variedade de produtos que podem ser encontrados em uma obra e suas características.

Empilhadeiras: uma peça fundamental

Movimentar produtos e materiais em uma obra é um trabalho difícil e que requer habilidade e equipamento adequado.

Nesse sentido, a empilhadeira é o equipamento ideal para esse tipo de função, não só em obras, mas é usado também por pequenos comércios para organização de estoque e entrega de materiais.

Confira alguns modelos de empilhadeiras para entender as suas funções em uma obra:

1. Empilhadeira retrátil

A empilhadeira retrátil é o modelo mais comum em obras, pois permite uma locomoção maior em espaços complicados, sua movimentação é lateral, o que permite um campo de visão simétrico e evita de esbarrar em vigas e/ou materiais.

As principais vantagens relacionadas a esse equipamento são:

  • Alta velocidade de movimentação;

  • Não produz muito ruído;

  • Movida a energia elétrica;

  • Ideal para corredores estreitos;

Outro ponto que vale destacar desse equipamento, o que o torna mais viável para obras, é o seu poder de elevação, podendo chegar até 12 metros de altura, o que permite a elevação de produtos para outros andares.

2. Empilhadeira a gás

A empilhadeira GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) é muito utilizada em obras por ter uma movimentação constante e forte em qualquer de terreno.

Como em obras nunca se sabe com qual terreno irá se trabalhar e, na maioria das vezes, existem terrenos arenosos, montanhosos e com pedras, ter uma empilhadeira que se adapte e responda de forma adequada a qualquer uma dessas possibilidades é fundamental.

Ferragens: a estrutura da obra

O uso do ferro nas obras é extremamente comum, principalmente na constituição da ferragem que fará parte da estrutura de levantamento da construção. Veja os modelo e aplicações dessas ferragens:

1. Ferragem armada

Quando uma obra inicia, os engenheiros já sabem como será construída a estrutura principal do projeto.

Assim, é possível montar a estrutura de ferro que irá segurar todo o concreto ou, uma opção mais segura, projetar uma ferragem armada feita sob medida e que entregará a resistência mecânica ideal para a estrutura.

2. Vergalhões

Os vergalhões constituem uma parte extremamente importante do fundamento de qualquer construção, sendo principalmente utilizados como peças de suporte para vigas e estruturas que sofrerão com o peso das estruturas acima.

Treliças

A treliça aço é uma composição normalmente feita sob medida para alguma área.

O item é uma junção de várias barras de aço entrelaçadas. Esse equipamento é utilizado para dar firmeza para pisos e estruturas que terão uma cobertura (geralmente de concreto).

Já os “nós” dessas treliças são feitos para aumentar a resistência do local em que são implementados, fazendo com que o peso seja direcionado para eles e não para qualquer outro material próximo que normalmente apresenta uma menor resistência.

Malha de ferro

A malha de ferro é comumente utilizada para dar consistência a contrapisos, são estruturas simples e acessíveis mas que garantem o assentamento correto do material que virá por cima. Eles ainda entregam uma resistência e aderência maior do material.

Em obras de grande porte como prédios e halls, o uso dessa malha é altamente recomendado pois elas que irão garantir que por muitos anos o contrapiso não apresenta fissuras, rachaduras ou danos.

O uso do ferro e aço para a construção da base de uma obra é imprescindível, pois são materiais que apresentam muita resistência mecânica e que entregam a segurança desejada para qualquer projeto.

É importante ressaltar que para manusear equipamentos e produtos em obras é recomendado o uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) para garantir a segurança dos colaboradores ali presentes e da estrutura como um todo.

A segurança normalmente vem em primeiro lugar e, um último produto que vale ressaltar são os extintores, que devem estar presentes em todo o canteiro, afinal muitos produtos utilizados em obras são inflamáveis.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>