Obras são processos que tendem a ser caros e complexos. Consequentemente, é comum que boa parte das pessoas – até mesmo profissionais – se perca em sua execução, prejudicando o andamento dos trabalhos, o respeito ao orçamento e o cumprimento do cronograma.

Para evitar que tudo isso aconteça, é interessante que haja uma espécie de lista, na qual constem todas as etapas que devem ser seguidas ao longo da obra.

Ao elaborar a lista, é importante não se esquecer de alguns detalhes que podem evitar problemas com as autoridades e até mesmo contratempos aos usuários do imóvel quando ele estiver concluído. Confira algumas delas a seguir:

Gestão de resíduos

Nos últimos anos, a preocupação com a sustentabilidade é algo que tem aumentado sensivelmente em toda a sociedade.

Consequentemente, cada vez mais consumidores têm passado a exigir que as marcas das quais adquirem produtos e serviços tenham a mesma postura, minimizando os impactos ambientais de suas atividades.

Na construção civil, isso não é diferente. Na verdade, há até mesmo um agravante quando se refere a esse setor: os diplomas legais.

Há leis em todos os âmbitos que definem normas para a gestão e descarte de detritos oriundos de obras. Quem as descumpre se sujeita a uma série de sanções, como multas.

Logo, para evitar problemas tanto com os consumidores quanto com o poder público, é preciso ter a gestão de resíduos em mente em todas as etapas do projeto.

Na elaboração do orçamento, por exemplo, é preciso incluir os valores referentes à locação de caçamba.

Caso a localidade em questão não ofereça a coleta de dejetos provenientes de obras, também é necessário encontrar um local para descarte, assim como providenciar um meio de transporte para que os itens cheguem até ele.

A boa notícia é que isso não costuma consumir uma fatia considerável dos valores disponíveis para a execução da obra.

caçamba, por exemplo, pode ser conseguida em diversos estabelecimentos, o que reduz o seu preço.

Além disso, dependendo do tipo de tecnologia usado, é possível ter acesso a linhas de crédito mais vantajosas ou até mesmo à redução de impostos. Logo, não se trata de um mero gasto, mas de um investimento.

Manutenção dos equipamentos instalados

Normalmente, grande parte das pessoas associa uma reforma ou uma construção apenas às intervenções na estrutura da edificação, como:

  • Construção ou remoção de paredes;

  • Mudança do revestimento das paredes;

  • Troca de pisos;

  • Manutenção de estruturas danificadas.

No entanto, nem todos sabem que também é possível aproveitar esses procedimentos para instalar equipamentos no imóvel, como ar condicionado e itens de segurança.

Contudo, para evitar preocupações futuras, é preciso se informar a respeito das condições de garantia e manutenção no ato da compra.

Da mesma maneira, é fundamental que os procedimentos de instalação e montagem fiquem nas mãos de profissionais.

Felizmente, a instalação de ar condicionado valor costuma estar inclusa no preço do próprio produto, assim como nos casos de outros itens.

Além disso, caso qualquer equipamento precise de reparos, também é importante que eles sejam feitos por um estabelecimento qualificado.

Normalmente, é possível achar lojas autorizadas pela própria marca para fazer a manutenção de ar condicionado e dos demais itens.

Para descobrir quais são os locais da sua região, basta entrar em contato com o fabricante.

Instalação de itens de automação

A realização de tarefas manuais na construção civil já ficou no passado há algum tempo.

Graças ao desenvolvimento de máquinas potentes e eficientes, é possível que os trabalhadores contem com um bom auxílio durante a realização de suas tarefas, tornando-as mais eficientes e seguras.

Entretanto, nem todos os profissionais que atuam no segmento da construção civil aproveitam todas as potencialidades que a automação pode oferecer.

Apesar de itens como o portao automatico já serem de uso comum, há muitos outros objetos igualmente úteis, mas pouco usados, como as centrais de controle.

Os aplicativos para smart homes e os itens de segurança automatizados, como câmeras e sensores de presença. Logo, a tecnologia deve ser aproveitada.

Isso, porém, nunca deve acontecer sem critério. É preciso escolher equipamentos de marcas renomadas e conhecidas no mercado.

Além disso, a atenção ao cliente deve ser eficiente, permitindo que procedimentos de rotina, como a manutenção de portão eletrônico e dos demais apetrechos, seja feita com tranquilidade.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>