Acolhimento é essencial em um espaço de terapia. Por isso, além de uma equipe preparada, um ambiente aconchegante faz toda a diferença. Desde detalhes como uma Moldura de gesso para teto até a escolha dos móveis, há uma série de aspectos que influenciam na comodidade e no conforto desse espaço.

Considerando que as percepções humanas são influenciadas por estímulos visuais, auditivos e sensoriais, a construção de um espaço e sua organização são fundamentais.

Além da estrutura em si, a decoração é uma parte importante dessa composição. Para controlar a luminosidade do ambiente, por exemplo, a Cortina Prega Macho é um item indispensável.

Mas, além disso, há outros fatores que devem ser considerados no projeto como a faixa etária que frequenta o espaço, a acessibilidade do ambiente, além do perfil da clínica ou do espaço de terapia.

Você vai montar um espaço de terapia ou reformar um consultório? Então confira algumas dicas para montar seu projeto!

Dos móveis ao acabamento: o que você precisa saber

O que um paciente espera ao chegar dentro de um consultório? Além de uma sala de espera confortável, um ambiente climatizado, água e café são boas sugestões.

Mas além de tudo isso, a escolha dos móveis e o formato da construção são muito importantes. Ao optar pelo acabamento interno com uma Moldura de gesso para teto, por exemplo, uma das vantagens proporcionada para o ambiente – além do acabamento sofisticado – é o conforto térmico da edificação.

Além de ser um material diferente do tijolo, o gesso é uma matéria-prima que facilita a pintura e a versatilidade na hora da decoração. Isso não só proporciona um acabamento bem feito como também facilita a combinação de janelas, portas e aparelhos de ar-condicionado no espaço.

Neste contexto, a Cortina Prega Macho é um item muito útil. Além de ser encontrada nas mais diversas opções (em formato blackout, com transparência ou tecido rústico), esse produto oferece as seguintes vantagens:

  • É possível instalar o produto em varão/trilho;

  • A cortina pode ser acionada com controle remoto;

  • É possível regular luminosidade e conforto termoacústico com essas cortinas;

  • O produto oferece uma versatilidade grande na decoração e arquitetura.

Além dessas vantagens, outro destaque desse tipo de cortina é que ela pode ser instalada dentro das chamadas sancas (a parte entre o teto e a parede) do forro de gesso. Ou seja, a combinação entre os dois materiais facilita ainda mais o projeto desse espaço.

Do papel de parede aos sofás: a decoração

Além das estruturas, há itens que não podem faltar na decoração do seu espaço de terapia. Se for um ambiente destinado para as crianças, apostar em itens coloridos, brinquedos, lápis de cor e papel, além de um papel de parede infantil pode ser interessante.

Já em um ambiente especializado no atendimento dos adultos, investir em poltronas confortáveis e sofás é essencial.

Independente do estilo do consultório, é importante investir em uma decoração que transmita a ideia de tranquilidade. Isso porque o objetivo fazer o paciente se sentir a vontade, como se estivesse na própria casa em uma situação de confiança , conforto e bem-estar.

As poltronas confortáveis, por exemplo, fazem com que a pessoa consiga relaxar enquanto faz a sessão de terapia. Da mesma forma, o uso de almofadas pode trazer conforto e descontração, caso a pessoa prefira sentar fora de uma cadeira.

Além desses detalhes, há outras estratégias que complementam o design do espaço e a experiência positiva perante os pacientes. São elas:

  • Música ambiente;

  • Paredes e móveis em tons claros;

  • Bebedouros e copos;

  • Quadros decorativos e papel de parede com ilustrações;

  • Disposição de plantas no espaço;

  • Móveis planejados para garantir espaço e conforto.

A importância de adaptar espaços

Se o estilo da construção e os elementos da decoração proporcionam uma visão estética e estratégica do espaço, a acessibilidade também tem essa função.

Afinal, como construir um ambiente de terapia humano sem entender as diferentes necessidades e adaptar esse espaço?

Pensando nos pacientes cadeirantes, por exemplo, é importante que o banheiro seja adaptado e que o local conte com rampas de acesso. No caso das mães que vão às sessões com crianças, ter um fraldário e um espaço kids com papéis de parede e brinquedos é uma solução.

Mas se a terapia for em outros formatos como a Orientação vocacional online?

Em, e casos de contatos que não são presenciais, a adaptação e o atendimento personalizado permanecem.

Por isso, é importante que o profissional invista em um ambiente com boa conexão à internet, uma luminosidade interessante e, de preferência, uma sala sem interferência de ruídos.

De forma online ou presencial, toda sessão exige dedicação, escuta ativa e tranquilidade. Por isso, da Cortina Prega Macho até a climatização do ambiente, todos os elementos cumprem uma finalidade.

Apostar também em espaços de espera, com estantes em formato de nicho, mesas, sofás confortáveis também faz a diferença.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>