O ambiente empresarial deve conciliar toda a sofisticação necessária com equipamentos que entreguem conforto a fim de colaborar com a produtividade dos colaboradores.

Nesse sentido, é preciso entender de forma correta toda a estrutura de trabalho, necessidades dos colaboradores, o design desejado entre outros aspectos.

Melhorar um recinto pode ser uma tarefa um pouco difícil, porém, é possível transformar um local com pequenas mudanças, seja nos móveis ou na forma de conduzir os serviços gerais dentro de uma empresa.

Continue sua leitura para elucidar as formas de melhorar um ambiente empresarial.

Investindo em conforto e produtividade

O primeiro ponto que iremos destacar é o investimento em produtividade.

Isso pode ser muito benéfico para aumentar os rendimentos da empresa, permitindo mais investimentos em infraestrutura. Para focar em produtividade vamos dar atenção aos principais materiais dentro desse ambiente que devem ser modificados e/ou melhorados.

1. Estações de trabalho

Pensar em uma mesa estação de trabalho que se adeque a função do colaborador que irá utilizar aquele local é muito importante para o aumento da produtividade.

Podemos citar os profissionais que utilizam muitas ferramentas para executar suas funções e precisam ter apoios adequados para esses equipamentos, pensar em uma estação de trabalho que de apoio à elas – principalmente se forem personalizadas – pode aumentar a velocidade de trabalho e ainda evitar qualquer tipo de dano e/ou acidentes.

Podemos citar também a utilização inteligente dessas estações em escritórios, pois é habitual que exista uma gama de equipamentos, como:

  • Impressoras;

  • Scanners;

  • Copiadoras;

  • Notebooks;

  • Desktops.

Investir adequadamente em uma mesa para escritorio é benéfico por vários fatores, um exemplo que vale frisar é o convívio e a comunicação entre as pessoas que estarão convivendo a todo momento dentro daquele espaço.

É preciso pensar se o foco da equipe é em trabalhos individuais ou coletivos, dependendo da necessidade é possível escolher mesas com divisórias que garantam um espaço mais restrito para realizar ligações ou receber clientes. Se for necessário uma comunicação maior e trocas de informações constantes entre a equipe, uma mesa sem as divisórias poderá ser mais efetiva.

2. Cadeiras

Um investimento que não deixa de ser positivo são as cadeiras que o ambiente irá utilizar. O mais recomendado é a cadeira giratoria, principalmente para escritório que, como já ressaltamos aqui, se faz uso de muitos tipos de materiais e que exigem flexibilidade de movimento sem a necessidade de se levantar

Investindo em design

Após entendermos um pouco sobre o investimento com relação ao ambiente e seu impacto para o aumento de produtividade vamos focar em como deixar o recinto mais bonito e agradável.

Afinal, como dito antes, ele tem impacto direto no bem-estar e eficiência dos colaboradores, além de influenciar na impressão de todos – inclusive clientes – que frequentam o local.

O investimento no ambiente pode ser feito com várias modificações, mas algumas estratégias mais simples podem ser adotadas e já surtirem um grande efeito no cotidiano de todos. Ente essas ações pode-se destacar:

1. A escolha das poltronas certas

As poltronas podem ser alternativas para as cadeiras, pois em alguns casos são mais confortáveis e elegantes. Porém, em ambientes empresariais são mais recomendadas para receber visitas e para as salas de reunião.

A escolha da poltrona deve ser feita pensando no local em que ela será aplicada. Por exemplo, as poltronas para a área de descompressão podem ser coloridas e requerem um revestimento mais resistente para garantir que não desgaste rapidamente.

Já para uma sala de reunião elas devem ser de cores mais neutras e com acolchoados mais confortáveis.

2. Cortinas

As cortinas podem ser utilizadas em praticamente todos os ambientes, uma vez que servem tanto de itens decorativos como para controlar a entrada de luz nos recintos.

A escolha das cores seguem o padrão indicado para as poltronas, no entanto, as cortinas são um destaque em certos ambientes e por isso a sua higienização merece uma atenção extra.

O procedimento de lavagem de cortinas deve ser seguido em 2 padrões, primeiramente a remoção do pó (que deve ser feito constantemente, de preferência uma manutenção seja diária), e posteriormente a retirada de impurezas mais pesadas com algum pano úmido.

Contudo, como há um grande número de peças, pode ser muito mais econômico e vantajoso contar com lavanderias especializadas, de forma a obter uma limpeza muito mais profunda e duradoura.

3. Molduras de gesso

Essas molduras podem ser utilizadas para o teto, chão ou mesmo para desenhos no centro da parede. O modelo mais utilizado é de moldura de gesso para teto, isso porque fazem com que o entorno do teto fique muito mais bonito e elegante, sem dizer que é possível escolher vários modelos de molduras, dando a liberdade de realizar a arte que combine melhor com cada ambiente.

O gesso é o material mais recomendado para realizar esse processo por conta da sua alta maleabilidade, permitindo praticamente qualquer desenho.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>